Escritora argentina Mariana Travacio participa da Feira do Livro de Porto Alegre na quarta-feira

Foto – arquivo pessoal

Em sua estreia no Brasil, a autora lança Cotidiano, livro de contos publicado pela editora Moinhos

Publicações: Roger Lerina / Correio do Povo / Agora no RS

As atmosferas e tensões nas literaturas brasileira e argentina são pauta de atividade na próxima quarta-feira, 6 de novembro, na Feira do Livro de Porto Alegre. Às 18h, a premiada escritora argentina Mariana Travacio conversa com a autora porto-alegrense Irka Barrios no Auditório Barbosa Lessa do Centro Cultural CEEE Erico Verissimo. A abordagem da violência e do sinistro nas literaturas de ambos os países estão entre os temas que devem pautar o debate, além da busca pelo absurdo em um realismo que pode ser asfixiante, uma das marcas na obra de Travacio.

Mariana Travacio nasceu em Rosário, cresceu em São Paulo e atualmente reside em Buenos Aires. Psicóloga com especialização em Criminologia Forense, a autora transfere para os livros a experiência na área de formação, uma vez que o perverso e a crueldade são presença constante em seus livros. A escritora escolheu a Feira do Livro de Porto Alegre para lançar o livro de contos “Cotidiano” (2015), sua estreia no Brasil, pela Editora Moinhos.

A psicóloga é autora dos livros “Manual de Psicología Forense” (1996), “Como si existiese el perdón” (2016), “Cenizas de carnaval” (2018). Mestre em Escrita Criativa pela Universidade Nacional de Tres de Febrero e tradutora de francês e português, Travacio foi professora da Cadeira de Psicologia Forense da Faculdade de Psicologia da UBA. Suas histórias receberam inúmeros prêmios nacionais e internacionais e tem publicações em revistas e antologias no Brasil, Cuba, Espanha, Estados Unidos, Argentina e Uruguai.

Presença argentina – Mariana Travacio

Dia: 06 de novembro

Horário 18h

Auditório Barbosa Lessa, do Centro Cultural CEEE Erico Verissimo

Entrada Franca